20 nov 2012

Guia de Viagem – Cusco e Machu Picchu – 2º Dia: Valle Sagrado de los Incas

VIAGEM > OUTROS DESTINOS > Peru

Depois de Machu Picchu, o Valle Sagrados de los Incas é o mais esperado pelos turistas. Um trajeto inesquecível com lindas paisagens e paradas em lugares com muita historia, cultura e receptividade. Sua visitação é durante um dia inteiro, e começa pela visita ao mercado artesanal de Pisac, onde encontraremos cerâmicas, prataria e todo tipo de artesanato e produtos locais, ideal para compras, pelos seus preços e pela qualidade dos detalhes. Saindo de Pisac, em 30 minutos no máximo, é possível chegar ao Valle Sagrado. Devido às suas terras férteis, o vale foi muito apreciado pelos incas, que aproveitaram ao máximo a potencialidade agrícola do lugar. Centros de agricultura foram construídos por toda sua extensão, sendo um dos principais pontos de produção. A vista é incrível! Mais incrível ainda é imaginar que nao há erros na construçao do Valle Sagrado, ou seja, cada um dos “andares” estao onde estao de maneira estratégica, preparados para receber a luz solar e o inverno, sem o desperdício dos alimentos que eram plantados. Inclusive nesse passeio eu fui confundida com a Ivete Sangalo, e foi HILÁRIO! Não sei de onde tiraram essa semelhança mas se eu não provasse que não era ela, muitos peruanos teriam ficado felizes em ser o gui da “Ivete” hahaha

A parada para o almoço é depois de conhecer o Valle, porque o passeio deste dia nao se resume a ele. Depois do almoço, visitei o Parque Arqueológico de Ollantaytambo, onde antigamente era um centro militar, religioso e agrícola. O cenário arquitetônico é impressionante pelo seu tamanho, estilo e originalidade dos edifícios. Dali, também dá pra ver os locais onde eram guardados os alimentos para os tempos de seca e e um  rosto talhado em uma grande montanha ao lado, o que desperta muita curiosidade.

Na volta para Cusco, visitei o povoado de Chinchero onde estao os restos da fazenda real, um preservado muro Inca na praça principal e o templo colonial construído sobre uma base da construção Inca. Foi nesse povoado que aprendi muito o quanto a cultura inca influenciou a moda peruana e como é feito o processo artesanal das roupas, que já estou preparando um post somente sobre isso pra vocês.

Mais informaçoes da viagem nos posts abaixo:

Cusco e Machu Picchu – Preços e Dicas Importantes

Cusco e Machu Picchu – 1º Dia: City Tour nada convencional

Cusco e Machu Picchu – 3º Dia: Maras Moray e Salineras

Cusco e Machu Picchu – 4º Dia: Machu Picchu: A “CASA” da Ryqueza

 

 

Fê La Salye
Comente Aqui!
Comentários
Anterior
Próximo
Voltar para a home