06 jan 2013

Índias peruanas mostram como fazem e tingem a lã que usamos

VIAGEM > OUTROS DESTINOS > Peru > Vídeos

Já contei tudo sobre a minha viagem à Machu Picchu neste post aqui, mas esqueci de publicar um vídeo super legal de quando visitei um povoado da cidade.

Chinchero é um povoado agrícola onde se situa um imponente muro inca muito bem preservado e alguns belíssimos terraços. Atualmente existe uma igreja construída em cima da fundação dos antigos templos incas. Dentro do povoado, as “cholas” – como sao chamadas as índias artesãs – fazem a demonstração da fiação e tingimento da lã que usamos, de acordo com as técnicas aprendidas com os seus antepassados, os incas.

O processo é super interessante e explica a presença das cores vermelho, verde, azul, laranja e amarelo de maneira muito forte na moda peruana, até os dias de hoje. Isso porque o homem inca usava uma túnica sem mangas que descia à altura do joelho e às vezes uma pequena capa. A mulher inca tinha diversas roupas que a cobriam integralmente e frequentemente usavam sandálias de couro. Nas estações mais frias todos usavam longos mantos de lã sobre os ombros presos por alfinetes na frente. Os incas gostavam de se adornar. Quanto mais ricos e elaborados os tecidos mais dispendiosos e caros, e acabavam por demonstrar o nível social do usuário. Seus gorros de lã tinham essas cores que representavam as suas tribos, revelando suas origens.

O vídeo é muito interessante e é uma pena que a minha bateria tenha acabado, faltando 2 minutos para a apresentaçao das artesãs terminarem, mas deu tempo de gravar todo o processo para vocês :) No final, quando ela pergunta de quem é osso que ela está utilizando para tecer, ela dá duas respostas que infelizmente nao deu tempo de gravar. A primeira: “é de um turista que veio aqui e nao quis comprar nada.” e a segunda: “fiquem calmos, é um osso de llama”.

As pessoas dao risada o tempo todo, mas é porque a indiazinha que faz a apresentaçao é hilária. Vocês vao perceber.

Para quem achou nojento usar o inseto “Cochonilla” para tingir, saiba que esse mesmo inseto é usado na maioria dos iogurtes de morango ou bolachas recheadas que você come. Fica a dica! Quem quiser conferir, é só ler aqui.

Muito legal o vídeo, né? Espero que você tenha gostado e que valorize o artesanato de qualquer lugar que for visitar. Tem sempre uma história incrível por trás deles.

Beijos,

 

 

Fê La Salye
Comente Aqui!
Comentários
Anterior
Próximo
Voltar para a home