10 mar 2015

Fui vítima do efeito Jet Lag. E agora?

VIAGEM > TRAVEL TIPS > Curiosidades

Já estava com saudades de fazer posts pra vocês mas o post de hoje é sobre algo chato que aconteceu comigo e que quero dividir com vocês para que sirva de alerta.

Eu nunca dei muita bola pra quem dizia que sofria com o efeito Jet Lag ao viajar. Pra quem não sabe, esse é o nome que se dá às mudanças que o organismo sente quando você vai para um lugar que tem uma diferença de fuso horário.

jet-lag

Eu já viajei para lugares com diferentes fusos e nunca tive problemas mas a última viagem me preocupou e resolvi dar essa dica no blog já que um dos assuntos mais lidos aqui são as dicas de viagem.

Como vocês sabem, eu tive duas semanas de lua de mel: a primeira foi na Isla de Pascua (apenas 2 horas de diferença em relação ao Brasil e Chile) e a segunda semana foi no Tahiti (7 horas de diferença entre Brasil e Chile). Apenas para lembrar, agora Chile e Brasil possuem o mesmo horário. O governo chileno mudou isso recentemente e já não teremos mais a diferença de 1 hora, exceto quando o Brasil estiver em seu horário de verão.

Em breve farei posts sobre esses dois destinos, mas apenas pra que entendam um pouco: quando o dia começava no Tahiti, às 7 am, no Brasil e no Chile já eram 14 horas. Uma baita diferença! Mas no Tahiti eu não senti dificuldades de me adaptar porque eu estava muito cansada devido a festa de casamento e como a viagem era justamente para descansar e sem horário pra nada, eu dormia e aproveitava o dia sem grandes rotinas.

O problema começou quando voltei para o Chile e para a minha vida normal, com horários, prazos, atividades, horário certo para dormir e para os meus remédios habituais. Foi aí que meu organismo começou a dar sinais de desconforto: fortes dores de cabeça, irritabilidade, cansaço e muita, mas muita insônia. Eu só conseguia dormir lá pelas 4 da manhã, quando no Tahiti ainda era 23 horas. O problema é que no dia seguinte eu tinha que acordar às 7am e tinha um milhão de coisas pra fazer.

Fiquei 1 semana com todos estes sintomas horríveis, achando que até poderia ser hormonal ou o simples fato de ter passado a festa e eu já não ter nada pra me deixar tão cansada e querer dormir. Mas não era isso.

Mas como assim, Fê? Você acha que apenas 1 semana com outro fuso horário pode ter causado tudo isso? Não seria exagero?

Pois é, eu também achava um exagero mas ainda assim marquei um médico e descobri que de exagero não tinha nada.

Segundo o médico e outras leituras que fiz, o nosso corpo sofre alterações quando viaja porque nós mudamos os horários para comer e dormir e também mudamos a nossa rotina do dia e da noite. Ele disse que para cada 1 hora de fuso, o organismo leva 1 dia para se acostumar. Eu passei 7 dias em um lugar com uma diferença de 7 horas, isso constata que levaria pelo menos 1 semana para ter o sono, a dor de cabeça e a rotina em sua normalidade.

Porém, isso não quer dizer que qualquer alteração no relógio vai fazer todo mundo ter estes sintomas. Como eu disse no começo do post, já fiz outras viagens e não senti nada, porém, há pessoas que com 3 horas de diferença já sentem estes efeitos. Meu médico disse que eles são mais comuns quando as diferenças estão acima de 6 horas e que são bem mais sentidos quando se viaja para a Europa, África ou Ásia, e vamos combinar que eu estava do ladinho da Austrália.

Não há muito o que fazer. As recomendações médicas são: tentar manter na cidade de destino os mesmos horários para acordar e dormir ou ainda, mudar a sua rotina de horários 1 semana antes de viajar para que ao chegar na cidade de destino você já esteja mais habituada ao horário local. Pra ser sincera, não sei se conseguiria me organizar a esse ponto.

Outra dica é tentar não comer no avião, para que seu corpo entenda que aquele não é o horário dele. O triste é a fome entender isso.

A última dica do médico me pareceu a melhor: fazer exercícios ou caminhadas assim que voltar de viagem. A atividade física, principalmente com a luz do dia, ajuda o corpo a voltar ao normal.

Sei que quem vem ao Chile não deveria ter esse problema mas achei melhor dar a dica assim mesmo. Gostaram?

 

 

 

 

 

Fê La Salye
Comente Aqui!
Comentários
Anterior
Próximo
Voltar para a home