29 jun 2016

Atitudes do leitor que fazem um blog crescer

LIFESTYLE > Dicas para Blogueiros

Fê, na qualidade de leitor, como posso ajudar um blogueiro?

Achei a pergunta tão fofa que resolvi fazer um post sobre o assunto. Não sei até que ponto as pessoas sabem disso mas um leitor pode ajudar muito o seu blogueiro ou youtuber favorito com atitudes bem simples.

business-925709_960_720

  • Leitura

 

A primeira forma de ajudar é lendo o conteúdo. Parece bobeira mas estamos diante de uma geração que consome mais conteúdos interativos do que leitura e você pode ajudar muito o seu blogueiro com a simples atitude de ler o que ele escreve, principalmente quando faz isso com atenção e seguindo cada orientação dentro do post. Muitas vezes um post só entrega a informação completa quando você lê os outros links que foram informados no texto. Algumas vezes isso pode ser chato para o leitor mas aí a gente precisa lembrar que o blogueiro teve o carinho de dividir o assunto em tópicos e com riqueza de detalhes. Nesse caso é só dedicar um tempo para ficar em dia com aquele conteúdo. Poucas coisas são tão felizes para um blogueiro do que ver que seu post teve audiência.

 

  • Comentários

 

Vocês não imaginam o quanto um comentário pode ajudar um blogueiro. Em geral ele já sabe os conteúdos que vai escrever mas é impossível saber a necessidade de cada leitor. Quando você deixa um comentário perguntando algo ou sugerindo um tema, você ajuda esse blogueiro a colocar seu tempo e recursos em um conteúdo que de cara já terá audiência porque alguém já demonstrou interesse por ele.

Claro que nem sempre comentamos todos os posts e não há problema nisso mas de vez em quando é bom deixar a sua opnião. Coisas do tipo:

  • Blogueiro, pode me ajudar dando alguma dica sobre o assunto x?

 

  • Blogueiro, eu gostaria muito de ver tal assunto aqui no blog. O que acha dele?

 

  • Blogueiro, adorei o que escreveu. Parabéns! (não se trata de bajular, mas do blogueiro saber que se escrever mais coisas sobre isso, terá quem leia).

 

  • Blogueiro, segui sua dica e deu certo! (ao fazer isso você indica ao blogueiro que sempre haverá algo que alguém ainda não conhece e que pode ser relevante continuar escrevendo coisas do tipo).

 

Também é importante comentar coisas relacionadas ao tema, tanto no blog como nas redes sociais do blogueiro. Talvez você não saiba, mas existe meio que um consenso entre os blogueiros de que é um tanto indelicado comentar algo que não tenha nenhuma relação com o que foi publicado porque parece que o que ele postou não teve importância nenhuma. É como se você estivesse contanto a um amigo sobre seu carro novo e ele escutasse toda a história para no final dizer: vamos comer aonde? Ou seja, ignorou tudo o que você disse. Óbvio que você pode aproveitar aquele canal de comunicação para tirar uma dúvida que de repente não tem uma ligação direta com aquela publicação mas é de bom tom primeiro comentar o assunto em questão para depois falar de outra coisa.

 

  • Compartilhamentos

 

Ahhhh, o leitor que compartilha o conteúdo… Quanto amor por ele! Primeiro porque o compartilhar para o blogueiro é como ouvir um “caramba, foi tão bom que o mundo precisa ler isso”, o que dá um grande incentivo para continuar produzindo conteúdos que despertem no leitor este sentimento.

Segundo porque o compartilhar atinge pessoas que o blogueiro sozinho não consegue atingir e com a sua ajuda a comunidade de leitores desse blog pode aumentar e até fazer o blog crescer num nível que empresas comecem a dar valor ao engajamento que esse blog causa e assim queiram ser parceiro dele, o que além de ajudar o blogueiro permite que o leitor tenha contado com conteúdos inovadores e relevantes que não seriam possíveis de outra forma.

Sim, seu compartilhar tem esse poder!

iphone-791450_960_720

  • Likes

 

O poder de um like também é incrível. Além de ser uma forma rápida de dar o seu feedback, o like ajuda a posicionar melhor aquela publicação ou vídeo no Google e fazer com que mais pessoas tenham acesso a esse conteúdo.

Boa parte dos blogueiros, inclusive os que já vivem desse trabalho, criam seus conteúdos sempre pensando em oferecer algo relevante, em ajudar quem está ali, em gerar algum tipo de benefício, portanto é muito gratificante ver através de um like que o leitor reconhece isso e melhor; que assim como o blogueiro, ele também quer que outras pessoas sejam ajudadas através desse material.

Muito gente só tem acesso a uma publicação no Facebook, por exemplo, porque um amigo deu um like numa página que ele não conhecia mas que através desse ato ele passou a conhecer e seguiu. Muita gente também só assiste um vídeo depois de observar a quantidade de likes que ele tem porque considera que isso demonstra o quanto aquele vídeo é relevante. O seu like pode fazer muito por quem dedicou horas criando aquele conteúdo.

Ahhh, e aqui vou deixar algo que eu faço com meus blogueiros e youtubers favoritos (sim, também tenho os meus) mas é apenas para que saibam. De repente tem alguém que compartilha da mesma opnião. Às vezes acontece de eu não gostar de um conteúdo específico que ele fez, ainda assim eu não deixo o meu “deslike” no vídeo e não comento a minha insatisfação. Essa é uma decisão pessoal que eu passei a ter depois de entender o trabalho que ele teve para fazer tudo aquilo e que ainda que não tenha atingido as minhas expectativas, eu não paguei nada para ter acesso a ele, sem contar que com certeza aquele conteúdo serviu pra alguém. E se eu gosto muito daquele blogueiro prefiro mandar um email ou mensagem privada demonstrando a minha insatisfação sobre o assunto. Tomei essa atitude depois de ver que a internet foi tirando da gente a capacidade de ser gentil e estimulou em nós a necessidade de dizer algo negativo com uma frequência bem maior do que algo positivo. É só observar quantas pessoas dão apenas um like, muitas vezes mental num post e não concreto, e numa proporção muito maior escrevem verdadeiros textões pra dizer do que não gostaram.

Quando eu quero dizer algo para alguém que gosto e que pode constranger essa pessoa de alguma forma, prefiro falar em particular, sem colocá-la em exposição. Tento sempre nao usar a internet para fazer aquilo que eu nao teria coragem de fazer pessoalmente. Mas não estou contando isso para que você pense “quis pagar de nobre” ou “está pedindo para eu não dar deslike no conteúdo dela”. Estou apenas contando como funciona do outro lado da tela e que muitas vezes o leitor não tem como saber como é.

 

  • Tem uma pessoa ali

 

Você ajuda demais seu blogueiro favorito quando entende que por trás de tudo existe uma pessoa. Isso tira de você a necessidade de endeusar ele porque afinal, ele é humano como você, portanto tem problemas, fome, compromissos, dívidas, correria e não está o tempo todo na internet como parece e por isso tende a demorar um pouco para responder seu email ou comentário.

Quando um leitor lembra disso é libertador porque ele vê que além dele existem muitos outros seguidores que esse blogueiro também precisa responder, por isso nem toda resposta será imediata. Tem leitor tão bacana que quando vê que outro leitor perguntou algo, já até indica nos comentários em que post ele encontra essa resposta.

 

Aproveito para agradecer a cada leitor que incentiva o meu trabalho de diferentes formas. Isso tudo só está no ar por causa de cada um que demonstra no dia a dia que o que eu faço tem valor, seja através da leitura de um post, de assistir um vídeo, de dar um like, comentar, compartilhar ou simplesmente entender que continuo humana como todo mundo. Muito obrigada! Vocês fazem diferença nos meus dias, especialmente quando algum comportamento vindo de vocês me dá uma ideia para tornar tudo por aqui ainda melhor.

 

*Fotos: Pixabay

Fê La Salye
Comente Aqui!
Comentários
Anterior
Próximo
Voltar para a home