25 fev 2018

Minimalismo: como deixar sua vida mais simples

CASA & FAMÍLIA > Organização

Desde que eu mudei de país (2011) a minha vida ficou mais simples porque esse tipo de mudança te ensina a desapegar, a viver com menos, a levar toda a sua vida numa mala de 23kg.

Com isso eu comecei a repensar hábitos e todo o meu estilo de vida porque eu fui gostando de ter uma vida mais simples. Me apaixonei pelo minimalismo mas não como uma filosofia extrema e sim como algo pra aprender e aplicar apenas o que serve no meu contexto.

Então se você quer saber como deixar sua vida mais simples, vou te dizer algumas coisas que funcionaram comigo.

1. Tenha no guarda-roupa o que você realmente precisa

É muito fácil a gente se empolgar com promoções, tendências, coisas bonitas e com isso compramos mais do que precisamos.

Saber o que você precisa é bem simples: olhe para o seu guarda-roupa e separe as peças que você sempre usa. As que sobraram, tente entender porque não são usadas com a mesma frequência e tente lembrar há quanto tempo elas estão sem uso. Se a resposta não está relacionada a mudança de estação climática, então há uma grande possibilidade de que essas peças já não se encaixem no seu estilo de vida.

Analise sua rotina, locais que frequenta e o que realmente gosta. Tudo isso vai te ajudar a chegar num guarda-roupa mais simples, eficiente e coerente com o novo estilo de vida que quer ter.

2. Use o que tem até acabar

Elimine o hábito de acumular coisas, de ter variações do mesmo produto. Aprenda a entender o que você precisa, use essa quantidade até que acabe e só compre quando encontrar uma necessidade. Isso vai te ensinar o valor do seu dinheiro.

3. Pare de seguir alguns perfis

Conteúdo também é consumismo e o problema não está no consumismo mas no excesso e nas más escolhas. Tudo o que lemos, vemos e assistimos tem uma influência sobre nós mesmo que inconsciente e às vezes eles colocam sobre nós algumas necessidades não tão necessárias que complicam bastante nosso dia a dia. Aqui eu falo melhor sobre a inconsciente influência que as redes sociais exercem sobre nós. 

4. Se afaste de algumas pessoas

Tem gente que não acrescenta, só ocupa espaço com negatividade e falta de amor. O melhor é se afastar para sua vida voltar a andar. Além disso, reveja seus conceitos sobre estar cercado de pessoas. Mais valem 5 amigos verdadeiros que 1000 desconhecidos no Facebook.

5. Tenha no máximo 3 grandes objetivos no dia

Fomos ensinados que para ser produtivo é preciso praticamente se tornar uma máquina só que ter muitos objetivos no dia geralmente significam que no final dele teremos mais pendências do que coisas realizadas.

O dia fica muito mais simples – mesmo com a correria – quando estabelecemos objetivos com resultados imediatos, assim você evita aquela frustração de achar que não consegue se organizar.

6. Doe, venda e jogue fora

Constantemente dê uma olhada para tudo o que você tem em casa e com certeza vai encontrar coisas que pode doar, vender e até mesmo jogar fora. É impressionante a quantidade de coisas inúteis que a gente é capaz de acumular em casa. Vai me dizer que você nunca conheceu alguém que aos 40 anos ainda tem o caderno da 1ª série guardado?

7. Faça metas realistas

É bem comum estabelecer metas a cada novo ano mas às vezes vira um processo tão automático ou porque inconscientemente nos sentimos pressionados a ter metas, que a lista acaba se transformando em coisas que já sabemos que não vamos cumprir.

Sempre queira sonhar, crescer, evoluir mas sem esquecer que muitas vezes dar um passo pra trás é um grande avanço.

8. Simplifique seus relacionamentos

Tempo de qualidade com as pessoas coloca fim em metade das DR’s, brigas e desgastes emocionais.

9. Aceite ajuda

É um erro achar que damos conta de tudo. Pense seriamente na possibilidade de ter alguém que te ajude com as crianças, com as tarefas da casa e com outros detalhes da sua rotina. O que você puder delegar vai com certeza simplificar e aumentar sua qualidade de vida.

10. Você é a prioridade

Coloque todas as coisas boas sempre antes das obrigações óbvias. Isso vai garantir que elas não serão enviadas para o final da lista correndo o risco de nunca serem realizadas. Não abra mão do café da manhã, da sua atividade física favorita, daquele momento de lazer. Não deixe a sua vida pra depois.

No começo é difícil colocar essas coisas em prática mas depois você até se pergunta porque complicou tanto sua vida quando podia mesmo simplificar.

Fê La Salye
Comente Aqui!
Comentários
3 comentários em "Minimalismo: como deixar sua vida mais simples"
  1. Jane   26/02/18 • 08h39

    Nossa maravilhosos isso! 😃

  2. Juliana   26/02/18 • 09h37

    Amo esses textos de reflexao que vc posta. Vou olhar melhor para as coisas que tenho em casa… com um olhar mais pratico. Obrigada!

  3. Deborah   28/02/18 • 11h16

    Oi Fê! Amei esse post. De fato as coisas são mais simples do que parecem. Hoje eu tento cada vez mais adicionar o minimalismo em minha vida. Ja fiz isso em minhas maquiagens, no meu quarto, em minhas amizades e em projetos. Antes eu, com 16 anos, estudava periodo integral, das 7h às 16h30 e depois ia direto para o cursinho das 18h50 às 22h15, e chegava em casa às 23h30 ou às vezes 00h quando o ônibus atrasava. Fora que nos finais de semana eu fazia aula de música e ia para a Igreja. Isso, todos.os.dias.
    E no final nao adiantou nada. Agora com 18 anos, eu terminei a escola, parei com a música e voltei a fazer apenas o cursinho. Que consigo me dedicar 100% à ele. E outra meta agora é trabalhar como jovem aprendiz.
    Descobri que quando menos coisas fazemos, mais conseguimos nos dedicar à ela. E isso tem sido muito saudável para mim. Meu namorado até fala que eu preciso ter mais amigos hahaha e eu sempre falo que nao preciso e que estou bem assim apenas com ele, uma melhor amiga, e três amigas da igreja que cresceram comigo (claro que fora de casa tenho uns colegas.. mas colegas são colegas ne?)
    Fica ai um pouco da minha experiência! Um grande beijo! Sucesso nesse novo ano! ❤

Anterior
Próximo
Voltar para a home